Campanha "Silêncio" - Entrevista à Dra. Margarida Martinho
Publicado a 09-03-2022

Ginecologistas lançam campanha ‘Silêncio’ apelando às mulheres a tratarem de miomas uterinos. Jovens são as mais afetadas.

Sociedade Portuguesa de Ginecologia estima que a doença ‘escondida’ afete cerca de dois milhões de mulheres em Portugal, e lança campanha para aumentar a literacia para que o seu rastreio e tratamento  possam ser antecipados e evitar sofrimento.

A campanha “Silêncio”, focada no facto de as mulheres se manifestarem pouco acerca do sofrimento diário e do impacto que a doença causa, pretende aumentar a literacia sobre os miomas uterinos, recorrendo a informação prestada por médicos e que pretende desmistificar o problema.

Margarida Martinho, secretária-geral da Sociedade Portuguesa de Ginecologia, reconheceu que, tal como noutras áreas, “a pandemia também prejudicou esta área da saúde da mulher, seja pela falta de acesso nos cuidados de saúde primários, seja porque a mulher teve medo de se dirigir aos serviços de saúde”.

Leia a notícia completa no Expresso

Desenvolvido por Sartor Seven